Propriedades (I)

Este assistente permite modificar as características, ou propriedades, de cada ficheiro de genealogia, que, no caso do Ancestris é um ficheiro em formato Gedcom.

Este assistente guia-nos passo-a-passo na modificação ou não de cada uma dessas propriedades.

Este assistente permite gerar o formato dos locais e, em particular, formatar todos os nomes dos locais numa só operação.

Este assistente permite gerar a localização e o formato dos ficheiros multimédia utilizados na genealogia e, em particular, de os formatar numa só operação, recuperando ficheiros espalhados em pastas diferentes.

Estas propriedades estão todas definidas na norma Gedcom e algumas são obrigatórias.

Todas elas são gravadas no cabeçalho do ficheiro Gedcom. São, portanto, específicas de cada genealogia.

Note que o cabeçalho de um ficheiro Gedcom também inclui alguns dados técnicos que, a priori, não são do seu interesse e aos quais o assistente não propõe modificações.

Se as pretender fazer, terá de utilizar um editor de texto para abrir o ficheiro e editá-las manualmente.

Propriedades propostas pelo assistente

  • Descrição da genealogia

  • Autor da genealogia

  • Idioma da informação fornecida na genealogia

  • Alfabeto utilizado (caracteres acentuados, várias línguas alfabéticas ao mesmo tempo para lugares ou apelidos, etc.)

  • Norma Gedcom desejada, 5.5 ou 5.5.1, por exemplo, para geo-coordenadas

  • Formato do nome do lugar: que elementos de endereço (cidade, código postal, país, etc.) e em que ordem nomear lugares

  • Localização da multimédia e recuperação de ficheiros espalhados

  • Informações sobre o programa que gravou a genealogia e o selo da última gravação. Apenas para informação.

Segue-se um detalhe dos passos propostos pelo assistente para modificar estas propriedades.

Todas as modificações que se seguem são aplicadas ao ficheiro unicamente no final do processo, após uma confirmação final. Não há perigo de realizar alterações durante o processo.

Inversamente, se não chegar mesmo ao fim do assistente, nenhuma modificação será efectuada e terá de recomeçar do zero.

Descrição

pt_properties_1.png

Este ecrã é usado para verificar o nome do ficheiro da sua genealogia e a sua localização no disco, para ter certeza de que está a editar o arquivo correcto.

Como indicado, o nome da genealogia no ficheiro pode ser diferente do nome do próprio ficheiro. Isto acontece porque pode ter copiado e renomeado o ficheiro fora do Ancestris. Em qualquer caso, o Ancestris substitui este nome em cada registo pelo nome do ficheiro do registo. Aqui também pode actualizar a descrição da sua genealogia.

Autor

pt_properties_2.png

Este ecrã mostra o primeiro investigador encontrado no ficheiro Gedcom. É habitualmente o autor da genealogia.

Pode actualizar os dados, se necessário.

O botão button_copy_header.png memoriza os dados, se os quiser copiar para outro ficheiro Gedcom.

O botão button_paste_clean_header.png cola os dados previamente copiados. Se não copiou dados, os dados mostrados são eliminados.

Codificação dos dados

pt_properties_3.png

Este ecrã é muito técnico, mas importante, dado que permite eventualmente corrigir os parâmetros de codificação do ficheiro Gedcom.

Norma Gedcom

O primeiro ponto refere a norma Gedcom do ficheiro.

O Ancestris gera as duas versões em vigor, 5.5 e 5.5.1.

O Ancestris pode converter o seu ficheiro genealógico de 5.5 à 5.5.1 e vice-versa.

Se alterar a norma indicada no seu ficheiro, o Ancestris perguntar-lhe-á através da caixa "Converter", se deseja que o Ancestris execute as transformações correspondentes.

Além disso, se actualizar da versão 5.5 para a 5.5.1, o Ancestris também lhe perguntará se quer colocar os ficheiros multimédia em entidades multimédia.

Recomendamos que marque estas duas caixas.

Uma mensagem na parte inferior do assistente alerta-o sobre esta conversão.

Utilização dos caracteres com  acentos

O ponto seguinte diz respeito à capacidade de exibir caracteres acentuados. Recomendamos o uso da codificação UTF-8, que cobre a maioria dos casos.

Pode ainda ter em sua posse ficheiros Gedcom com codificação ANSI ou ANSEL. Sugerimos que a mude.

Idioma e utilização

Estes dois outros parâmetros não têm impacto para si em geral, mas o Ancestris permite que os altere, caso queira trocar ou receber arquivos Gedcom dos quatro cantos do mundo.

  • A lista pendente indica o idioma utilizado para escrever notas, textos das fontes, etc.
    • Esta é uma informação meramente indicativa para a pessoa que seria convidada a reutilizar o seu ficheiro Gedcom;
    • podemos utilizar vários idiomas ao inserir informações;
    • não há tradução posterior ligada a este parâmetro.
  • os botões de rádio permitem especificar uma utilização específica para os Mórmons, se necessário.

Critérios de locais

pt_properties_4.png

Aqui é onde especifica o formato dos lugares em toda a sua genealogia.

Pode especificá-lo ao criar o arquivo ou modificá-lo a qualquer momento ao longo do caminho.

Se o formato não precisar ser alterado, passe ao ecrã seguinte. Caso contrário, segue-se um exemplo de como alterá-los.

Exemplo de alteração do formato dos locais

Na imagem acima, as localizações são de jurisdições (ou critérios) dos EUA. Suponhamos que queremos utilizar o formato português. A ideia é dizer ao Ancestris o formato e ensiná-lo a mudar de um para o outro.

Primeiramente definimos o formato de chegada

  • Utilizamos o botão Adicionar jurisdição button_add_jurisdiction.png para inserir os locais portugueses um por um no campo à direita.
  • Utilizamos o botão Remover jurisdição button_remove_jurisdiction.png em cada uma das jurisdições americanas.
  • Utilizamos depois os botões de deslocamento button_move_jurisdiction.png para ordenar as jurisdições portuguesas, da menor para a maior.

O botão Inserir campo em branco button_blank_field.png permite inserir uma jurisdição vazia e o botão Repor jurisdições button_reset_jurisdictions.png repõe as pré-definições.

O ecrã abaixo mostra as jurisdições portuguesas já inseridas.

pt_properties_5.png

Seguidamente, indicamos a correspondência

Marcamos a caixa pt_properties_17.png e clicamos em button_convert_place.png , o que abre uma janela com a tabela de correspondência entre o formato de chegada e o formato desejado. O ecrã explica como proceder.

Eis uma captura de ecrã após deslocar algumas jurisdições.

As jurisdições Porta e Rua não existem no formato de chegada, logo, ficam vazias no novo formato.

A jurisdição Zip_Code não está afectada a nenhuma jurisdição portuguesa. Se a afectarmos, por exemplo, a Rua, a informação será conservada, mas se se mantiver sem afectação, toda a informação desaparecerá durante a conversão.

pt_properties_6.png

Uma vez estabelecida esta correspondência, feche a janela clicando em Aceitar.

Se tivesse alterado o formato dos locais sem marcar a caixa de conversão, dois casos surgiriam:

  • o número de jurisdições de chegada e final é diferente, caso em que o Ancestris assinalaria uma anomalia em todos os locais durante a verificação de anomalias;
  • o número de jurisdições é o mesmo, caso em que acabou de fazer uma mudança de nome.

Gestão de multimédia

pt_properties_7.png

Este ecrã permite assegurar uma boa ligação entre o ficheiro Gedcom e os ficheiros multimédia.

Os 3 primeiros indicadores dizem-lhe quantos ficheiros Gedcom estão correctamente anexados ou não de acordo com a sua natureza, de todos os ficheiros multimédia indicados nos seus dados genealógicos.

O problema é, portanto, a linha vermelha acima, porque o Ancestris não poderá exibir o material correspondente.

Se não tem esta linha vermelha, tudo está bem, prossiga para o próximo passo.

Donde pode vir o problema?

Moveu ou renomeou os seus ficheiros multimédia?

Se a sua fotografia estiver num ficheiro /minhaagenealogia/fotos/MinhaFoto.jpg e a sua entidade Indivíduo referencia esta fotografia num dado FICHEIRO /minhaagenealogia/fotos/MinhaFoto.jpg, a ligação é válida. Tudo está bem.

Mas, se mover os seus ficheiros multimédia, ou simplesmente os renomear, por exemplo, para: /minhaagenealogia/multimedia/MinhaFoto.jpg (com multimedia em vez de fotos), será o suficiente para quebrar a ligação com o ficheiro Gedcom, que continua a procurar em "fotos".

O assistente mostra então uma fotografia como imagem não encontrada.

Moveu o seu ficheiro Gedcom?

Além de mover os ficheiros multimédia, pode simplesmente ter movido o ficheiro Gedcom.

Posição relativa entre o Gedcom e os ficheiros multimédia
  • Se os seus ficheiros multimédia estiverem descriminados em localização relativa ao seu ficheiro Gedcom, a ligação é quebrada, pois neste caso deveria ter movido os seus ficheiros multimédia ao mesmo tempo;
  • recomendamos que especifique sempre os seus ficheiros multimédia em localização relativa ao seu ficheiro Gedcom, uma vez que isso lhe permite mover os seus ficheiros sem renomear as ligações.
Posição absoluta entre o Gedcom e os ficheiros multimédia
  • Se os seus ficheiros multimédia foram descriminados em posição absoluta, a ligação mantém-se;
  • mas a desvantagem é que se mover a sua genealogia para uma unidade USB, por exemplo, a multimédia terá permanecido no disco rígido e só poderá ver a multimédia se a unidade USB permanecer no seu computador;
  • se for para mostrar a sua genealogia a um dos seus parentes, terá de mover os multimédia para a unidade USB. Mas então terá as ligações quebradas, porque o ficheiro Gedcom vai pensar que ainda estão no seu computador. Terá que renomeá-los um por um no ficheiro Gedcom ou usar este assistente.

Eliminou os ficheiros?

Outra possível razão para a perda de uma ligação entre o seu Gedcom e os seus ficheiros também pode ser a eliminação de ficheiros no disco. Isto é mais irritante porque tem de lhes pôr as mãos em cima antes de continuar com o assistente ou eliminar as ligações no ficheiro Gedcom.

  • O assistente não elimina as ligações, apenas as renomeia.

Resolução do problema

Se está confiante de que os ficheiros multimédia estão em qualquer pasta do seu computador, clique no botão grande ao fundo da janela.

pt_properties_8.png

Verá a janela seguinte:

pt_properties_9.png

Primeiro ela indica o nome da pasta onde o ficheiro Gedcom está localizado e depois lista todos os caminhos encontrados no Gedcom.

No caso seguinte, devemos re-anexar 1 multimédia que estava numa pasta documents relativa à localização do Gedcom (caixa de selecção na coluna Relativo), e 8 fotografias que estavam na pasta photos.


Em cada uma das linhas, clique no botão da coluna Procurar. A janela seguinte aparece ao clicar no primeiro botão.

pt_properties_10.png

Esta janela vai ajudar a encontrar o ficheiro perdido.

  • A primeira mensagem vermelha indica que a pasta documents não existe;
  • o nome na coluna da esquerda dá o nome do ficheiro a procurar: Herald_Tribune.jpg


Usando o botão Outro..., pode indicar ao Ancestris o nome de outra pasta a partir da qual procurar o ficheiro em causa.

O Ancestris procurará o ficheiro na raiz e em todas as sub-pastas.

As pastas encontradas estarão na coluna da direita.

Se a pasta com interesse aparecer, seleccione-a. O botão de selecção fica então disponível. Clique-o para definir a pasta encontrada como nova pasta raiz.

O nome do ficheiro a procurar fica verde porque foi encontrado.

pt_properties_11.png

 

Ao fechar a janela, veremos que a primeira linha se alterou, continuamos para a seguinte.

pt_properties_12.png

Quando todos os casos estão marcados como Encontrado, todos os ficheiros perdidos foram recuperados. Clique em Aceitar.

A janela de gestão de multimédia mostra agora em baixo:

pt_properties_13.png

Podemos cancelar o pedido de alteração ou continuar clicando em Seguinte.

Nesta fase ainda não foi efectuada nenhuma modificação ao ficheiro Gedcom.

Programa utilizado